Selo de Responsabilidade

CNPq


FINEP

FAPEMIG

Banco do Brasil

Caixa Econômica Federal

Confies

Faipes

 

Importações
Qua, 03 de Agosto de 2011 10:51

 

FUNDAEPE  FAZ IMPORTAÇÃO DIRETA

A FUNDAEPE, Fundação de Apoio a UFVJM, realiza importações de equipamentos, acessórios, insumos, software, peças de reposição, matéria-prima, através de processos de importação direta, para fins de pesquisa cientifica e tecnológica, utilizando a Lei 8.010/90, para tanto é credenciada no CNPq sob o número 900.0983/2006, renovado em 08/07/2011, que concedem isenção dos impostos que incidem na importação.

A FUNDAEPE investe no desenvolvimento, capacitação e crescimento de seus funcionários, dentre vários cursos de capacitação ocorridos no ano de 2010 e também no ano de 2011 o curso Importação Passo a Passo,  proporcionou o treinamento sobre Importação a dois funcionários junto ao Grupo de Importação e Exportação, sendo custeado com recursos próprios da Fundação, proporcionando desta forma um conhecimento específico referente a todo o processo de importação.

A importação desenvolvida pela FUNDAEPE:

 

  • Desde o recebimento de solicitação de Importação;
  • Reunir os Documentos Proforma Invoice;
  • Realizar o Contrato de Fechamento de Câmbio;
  • Acompanhamento dos trâmites da importação;
  • Desembaraço junto aos órgãos federais competentes;
  • O traslado do equipamento até a sede Diamantina e demais Campis;
  • Informando ao Coordenador do Projeto sobre os trâmites da importação dos equipamentos.

 

Através dos Projetos de pesquisa de vários órgãos de fomento, gerenciados pela FUNDAEPE,  os pesquisadores poderão efetuar suas importações diretas, com isenção de impostos, podem utilizar a infra estrutura da  Fundação Diamantinense de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão – FUNDAEPE, a Fundação encarrega de todo o processo deste a efetuação do pedido de compra até a entrega do material ao solicitante,

Faz importação de equipamentos, máquinas, aparelhos, instrumentos, acessórios, insumos, software, assinaturas de periódicos, inscrições em congressos, cursos e simpósios nacionais e internacionais, aquisições de livros e remessa de divisas para publicação de artigos em revistas científicas no exterior.

A FUNDAEPE realiza também a EXPORTAÇÃO de conserto de equipamentos danificados.

A IMPORTAÇÃO e EXPORTAÇÃO tem o seguro total até o local de entrega.

Isenção de impostos para importação da Lei 8.010/90 para fins de pesquisa científica e tecnológica incidem sobre a importação de máquinas, equipamentos, aparelhos, instrumentos, peças de reposição, acessórios,  matérias-primas e produtos intermediários, para isto a Instituição deve estar credenciada junto ao CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa Científica e Tecnológica), que é o caso da FUNDAEPE, o credenciamento é revalidado de 05 em 05 anos para liberação da Instituição, onde é concedido uma cota anual para a importação, no nosso caso foi realizado em 2011.

A transferência do produto importado no final do projeto para a instituição do pesquisador (UFVJM),  só é permitida com a autorização da Policia Federal que faz essa autorização de transferência da FUNDAEPE para outra Instituição, só a instituição credenciada no CNPq como a FUNDAEPE são autorizadas.

O processo de importação geralmente sãomais longos do que os nacionais, por isto é necessário que o produto a ser adquirido tenha informações detalhadas como: marca, referência, cotação e outros fornecedores, fornecedor indicado, termo de referência, descrição detalhada do equipamento.

Importante salientar que o acompanhamento da FUNDAEPE nos pedidos de importação se faz até sua chegada ao destino final, para todo processo é contratado o seguro,  para isto assim que o produto é recebido é importantíssimo a conferência pelo solicitante, caso o equipamento precisa de acompanhamento técnico para instalação,  é necessário que ele esteja presente para a conferência.

No ano de 2011 foram realizadas 03 (três) importações, sendo uma delas do Microscópio Eletrônico de Varredura é o primeiro do Norte de Minas Gerais.

Abaixo a discriminação dos equipamentos importados:

1 - MEV – MICROSCÓPIO ELETRÔNICO DE VARREDURA ACOPLADO COM EDS OU EDX – ESPECTROFOTÔMETRO DE DISPERSÃO DE RAIOS-X (modelo SUPERSCAN CS-3200 com alto e baixo vácuo, EDS Oxford – Obudcat CamScan Ltd – Inglaterra; representante Shimadzu do Brasil, São Paulo)       No ano de 2012 até o momento já efetuamos 04 importações, com recebimento dos produtos importados de forma ágil, sendo prevista ainda mais 03(três), sendo uma já em andamento de recebimento em Diamantina.

De acordo com as Professoras Doutoras Maria Helena Santos e Maria Letícia Ramos Jorge, que tem projetos da FAPEMIG E FINEP na FUNDAEPE com importação de equipamentos, comentam:  “Com o objetivo de aprimorar o nível das pesquisas desenvolvidas na UFVJMe incrementar qualitativa e quantitativamente a produção científica do Programa de Pós-Graduação em Odontologia – PPGODONTO, em 2010 a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação juntamente com os docentes do PPGODONTO submeteram um projeto ao edital CHAMADA PUBLICA MCT/FINEP/CT-INFRA-PROINFRA-01/2009. Foram adquiridos vários equipamentos, dentre eles o sistema de espectrometria infravermelho por transformada de Fourire(FTIR), modelo Nicolet 6700, de fabricação Thermo Electron(USA). A espectroscopia do infravermelho se baseia no fato de que as ligações químicas das substâncias possuem freqüências de vibração específicas, as quais correspondem aos níveis vibracionais da molécula. Assim, pode-se usar o FTIR para identificar um composto ou investigar a composição de uma amostra. O equipamento será instalado no Laboratório BioMat, sob a coordenação da Profª Drª Maria Helena Santos, e em breve está disponível para os pesquisadores da UFVJM. A importação do FTIR foi realizada pela FUNDAEPE.

 

 

Abaixo o PORTAL DA TRANSPARÊNCIA:

informações advindas de convênios

e contratos firmados e mantidos

com a IFES apoiada, FINEP,

FAPEMIG e órgãos públicos.

 


 

 

Abaixo o PROSSEGUE: Sistema

que permite ao Coordenador

de Projetos acesso exclusivo

através de login e senha.